O tratamento da depressão vai além dos medicamentos

Tratamento da depressão – homem dando suporte a outro homem durante os exercícios físicos- Mais Pfizer

O tratamento da depressão vai além dos medicamentos

Atualmente, já existem medicamentos utilizados no tratamento da depressão. Porém, essa não é a única forma de tratar os sintomas desse distúrbio. Além disso, a recuperação da pessoa com depressão pode ser mais eficiente caso os diferentes tipos de tratamento sejam combinados. Continue a leitura para conhecer outras maneiras de tratar a depressão.

Psicoterapia para o tratamento da depressão

A psicoterapia é um processo onde a pessoa com depressão conversa com um profissional da saúde capacitado, como um psicólogo ou um médico psicanalista, e expõe os pensamentos e sentimentos que sente em diferentes momentos. Durante as sessões, o profissional irá analisar os comportamentos para conseguir encontrar formas de aconselhar a pessoas a como agir na próxima vez que enfrentar situações que ativam os pensamentos negativos relacionadas à depressão. Existem diferentes tipos de psicoterapia e é preciso encontrar qual delas funcionará melhor para você. Dentre os tipos estão:

Terapia interpessoal – os profissionais desse tipo de terapia ajudam a pessoa com depressão a avaliar e mudar como ela lida nas diferentes relações com outras pessoas. Muitas vezes, as dificuldades de relacionamento, seja amoroso, familiar ou de trabalho podem ser uma das causas da depressão.

Terapia cognitiva de comportamento – nessa forma de psicoterapia, os profissionais ajudarão a pessoa com depressão a identificar e mudar os pensamentos negativos associados a depressão. Além disso, ela também ajuda a desenvolver estratégias para lidar com os sintomas da depressão quando eles surgirem.

Terapia psicodinâmica – essa forma de terapia tem foco em buscar como a depressão pode estar associada a traumas e/ou acontecimentos do passado da vida da pessoa. Nesse caso, o profissional irá ajuda-la a superar as memórias que estão afetando a saúde mental.

Você não está sozinho! O tratamento para depressão também pode acontecer em grupos

Além da psicoterapia, também é possível buscar grupos de apoio a pessoas com depressão. Nesses encontros, os participantes compartilham experiências pessoais de conviver com esse distúrbio e como superaram as situações de dificuldade. Isso ajuda a oferecer um sentimento de não estar passando por isso sozinho, fazendo com que os membros tenham algum tipo de suporte para lidar com os sintomas da depressão.

Outras formas de lidar com os sintomas da depressão no dia a dia

Além de continuar com os medicamentos e começar sessões de psicoterapia, você pode também adotar algumas mudanças na rotina que ajudam a reduzir os sintomas da depressão. Dentre algumas dessas maneiras estão:

Encontre uma atividade que você goste – ter um hobby é uma maneira de se manter distraído e evitar que as crises de depressão apareçam. Além disso, essas atividades ajudam a aliviar o estresse, um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento da depressão.

Deixe o sedentarismo de lado – fazer exercícios físicos também pode ajudar a evitar os sintomas da depressão. Exercitar-se libera algumas substâncias químicas no cérebro responsáveis pela sensação de bem-estar. Além disso, se você tiver depressão por conta de alguma doença crônica, converse com seu médico sobre quais exercícios são adequados para você, eles serão benéficos para os dois problemas.  

Técnicas de relaxamento – outra forma de aliviar as crises de depressão é pesquisar sobre técnicas para relaxar seu corpo. Algumas delas envolvem controle da respiração e movimentos que mantém os músculos relaxados.

Converse! – busque entrar em contato com amigos e familiares. Compartilhe com as pessoas que são próximas a você como está se sentindo por conta da depressão.

Já conhece o Programa Mais Pfizer?

O Programa Mais Pfizer tem o objetivo de facilitar o acesso e incentivar que o paciente siga o tratamento que foi prescrito pelo médico. O Programa Mais Pfizer também oferece dicas e informações para uma vida mais saudável.

Saiba mais sobre o Programa Mais Pfizer.

Referências


PP-PFE-BRA-1931

Mais Pfizer
29 agosto, 2019

CONTEÚDO RELACIONADO

Cadastre-se