Qual é a importância dos exercícios físicos para idosos?

Homem e mulher praticando exercícios físicos para idosos – Mais Pfizer

Qual é a importância dos exercícios físicos para idosos?

A prática de exercícios físicos na terceira idade pode trazer benefícios, como a prevenção de inflamações e até a melhora dos sintomas de depressão e ansiedade, comuns nesta fase da vida. Além disso, contribui para autonomia do idoso e uma melhor qualidade de vida. Leia mais para saber qual é a importância dos exercícios físicos para idosos.

Benefícios dos exercícios físicos para idosos

O envelhecimento causa algumas alterações no sistema imunológico, que pode se tornar menos eficiente na medida em que envelhecemos. As inflamações que acompanham o envelhecimento são características das doenças crônicas que representam a maior parte das causas de morte na terceira idade. No entanto, a prática regular de exercícios físicos estimula o bom funcionamento do sistema imunológico e a liberação de substâncias anti-inflamatórias.

Os exercícios físicos para idosos também ajudam a melhorar a resistência muscular, a flexibilidade e a capacidade aeróbica (o que contribui para a manutenção da autonomia), a promover sensação de bem-estar e a diminuir o risco dos seguintes problemas de saúde:

  • Doenças do coração;
  • Acidente vascular cerebral (AVC);
  • Câncer de cólon e mama;
  • Diabetes tipo 2;
  • Hipertensão arterial;
  • Obesidade;
  • Osteoporose;
  • Estresse, ansiedade e a depressão.

Tipos de exercícios físicos para idosos

Veja os principais exercícios físicos para idosos:

Exercícios aeróbicos – caminhar, andar de bicicleta e subir escadas são algumas opções de exercícios aeróbicos. Eles devem ter intensidade moderada, duração de 30 minutos diários e frequência de cinco dias por semana. Se fizer com mais intensidade, diminua para 20 minutos e para três dias por semana.

Exercícios de força muscular – cada sessão de musculação deve incluir de oito a dez exercícios envolvendo os principais grupos musculares. A frequência deve ser de dois ou mais dias não consecutivos na semana. Para ampliar o desenvolvimento da força, é recomendado de dez a quinze repetições para cada grupo muscular, com um nível de esforço de moderado a intenso.

Exercícios de flexibilidade – alongamento, pilates e yoga, por exemplo, estimulam a flexibilidade e o equilíbrio do idoso, que é fator importante para prevenir lesões causadas por quedas. Faça esse tipo de exercícios duas vezes na semana, durante dez minutos no mínimo.

Cuidados ao praticar exercícios físicos para idosos

É preciso prestar atenção na modalidade, duração, frequência, intensidade e modo de progressão do exercício a ser praticado. Faça tudo no seu ritmo, sem exageros, para evitar desgastes ou lesões. Antes de praticar qualquer exercício, converse com o médico para saber qual é o mais adequado para o seu caso e tenha sempre o acompanhamento de um profissional.

Referências

 

PP-PFE-BRA-1408

14 novembro, 2018

CONTEÚDO RELACIONADO

Cadastre-se