Nutrientes mais importantes na alimentação para idosos

Homem comendo uma alimentação para idosos – Mais Pfizer

Nutrientes mais importantes na alimentação para idosos

É fundamental saber os nutrientes necessários na alimentação para idosos, pois existem necessidades nutricionais específicas devido às alterações no organismo relacionadas ao envelhecimento. Veja quais os principais problemas de saúde que podem ser prevenidos ou solucionados com uma alimentação saudável e balanceada.

Principais alterações do organismo ligadas ao envelhecimento

  • Perda da massa muscular – é um processo característico do envelhecimento, que diminui a força e aumenta a chance de quedas;
  • Problemas bucais – perda de dentes, problemas na gengiva e dificuldade para mastigar levam à redução da saliva;
  • Apetite reduzido – a falta de apetite está relacionada à diversas doenças comuns na terceira idade, podendo causar até a desnutrição;
  • Problemas na pele – idosos costumam ter a pele mais seca e menos elástica, aumentando o número de manchas e lesões;
  • Baixa imunidade – conforme envelhecemos, o sistema de defesa não funciona com a mesma capacidade. Por isso, idosos são mais suscetíveis a ficarem doentes e uma simples gripe pode se tornar uma pneumonia se não for tratada corretamente;
  • Diminuição das capacidades sensoriais – o olfato e o paladar podem ser prejudicados pelo envelhecimento;
  • Dificuldade de digestão – por conta da diminuição da produção de saliva, o estômago deixa de produzir adequadamente ácidos necessários para digestão. Assim, todo o sistema digestório funciona mais lentamente, podendo causar problemas de prisão de ventre.

Principais nutrientes para idosos

Cálcio – esse mineral atua na formação dos ossos e dentes, na contração e relaxamento muscular, inclusive, do coração, por isso é um dos principais nutrientes para idosos. A ingestão de cálcio pode auxiliar na prevenção e/ ou tratamento da osteoporose, doença que diminui a densidade óssea e aumenta as chances de fratura, atingindo principalmente mulheres acima dos 60 anos. Você pode encontrar o cálcio nos seguintes alimentos:

  • Peixes, como a sardinha e bacalhau;
  • Leite e derivados;
  • Verduras verde-escuro, como espinafre, couve e rúcula.

Vitamina D – é, na verdade, um hormônio produzido pelo organismo quando você é exposto a raios solares. É o responsável pela absorção de cálcio e fósforo, minerais essenciais para a formação dos ossos. A exposição ao sol deve ser feita sem proteção, de 5 a 30 minutos por dia para as peles claras e de 45 minutos a 1 hora para as peles morenas e negras. Existem alguns alimentos com vitamina D, mas eles conseguem suprir apenas 20% do que precisamos é necessário. São eles:

  • Sardinha;
  • Suco de laranja;
  • Cogumelos secos;
  • Leite e derivados.

Vitamina C – tem função importante na manutenção da saúde da pele, ajudando na cicatrização de cortes e feridas. É um importante nutriente para idosos e as principais fontes de vitamina C são:

  • Frutas, como acerola, laranja, kiwi, morango, goiaba, caju, manga, mamão e melão;
  • Legumes e verduras, como brócolis, alface, quiabo, cenoura e repolho.

Ferro – a falta desse nutriente pode causar a anemia, presente em até 10% das pessoas acima dos 65 anos. Esse problema diminui o fluxo de oxigênio no corpo, podendo causar fadiga, falta de ar, tonturas e batimentos cardíacos acelerados. Além disso, o ferro auxilia no reforço o sistema imunológico. Pode ser encontrado nos seguintes alimentos:

  • Fígado bovino;
  • Feijão;
  • Carne vermelha;
  • Ervilha;
  • Espinafre.

Zinco – é um mineral que tem diversas funções, como a produção de energia, fortalecimento do sistema imunológico, produção de anticorpos e ainda atua na preservação dos sentidos, como paladar, olfato e visão. As principais fontes de zinco são:

  • Carne vermelha;
  • Fígado bovino;
  • Grãos integrais;
  • Castanhas;
  • Gérmen de trigo.

Vitaminas B6 – importante para a função cognitiva, auxilia na memória e na saúde do sistema nervoso. É encontrada nos seguintes alimentos:

  • Carne vermelha, aves e peixes;
  • Fígado;
  • Grãos integrais
  • Ovos;
  • Amendoim;
  • Leguminosas (lentilha, feijão, grão de bico, ervilha);
  • Frutas como banana e abacate.

Vitamina B12 - atua no metabolismo do trato gastrointestinal e é necessária para a formação das hemácias (células do sangue), que transportam o oxigênio para o corpo inteiro. É encontrada exclusivamente nos alimentos de origem animal, tais como:

  • Fígado;
  • Leite e derivados;
  • Ovos;
  • Carne vermelha, aves e peixes.

Referências

 

PP-PFE-BRA-1711

15 maio, 2019

CONTEÚDO RELACIONADO

Cadastre-se