Sinais e sintomas do câncer metastático de próstata

Médico e paciente com câncer de próstata.

Sinais e sintomas do câncer metastático de próstata

O câncer metastático de próstata significa que o tumor se espalhou para outros lugares do corpo. As regiões que costumam ser mais afetadas são fígado, gânglios linfáticos e pulmões. Também é comum que os ossos sejam atingidos. Veja, a seguir, quais são os principais sinais e sintomas que o câncer metastático de próstata pode causar.

Câncer metastático de próstata no fígado

O câncer metastático de próstata no fígado, geralmente, só se manifesta na fase avançada. Os sinais e sintomas mais comuns são:

  • Perda de apetite e perda de peso sem motivo;
  • Náuseas e vômito;
  • Dor e inchaço no abdômen;
  • Coloração amarelada na pele (icterícia).

Câncer metastático de próstata nos gânglios linfáticos

O principal sinal é o aumento de tamanho dos gânglios, que causa inchaços na lateral do pescoço, axilas, abdômen e virilha. Outros sinais e sintomas são:

  • Coceiras pelo corpo;
  • Febre constante;
  • Perda de peso sem motivo.

Câncer metastático de próstata no pulmão

O câncer metastático de próstata no pulmão também só se manifesta quando está na fase avançada, causando:

  • Tosse constante, que pode ser com sangue ou escarro de cor escura;
  • Infecções, como bronquite e pneumonia, persistentes;
  • Rouquidão e falta de ar;
  • Perda de peso e falta de disposição.

Câncer metastático de próstata nos ossos

Os ossos são os mais atingidos pelo câncer metastático de próstata. A dor, que piora à noite e pode ser aliviada pelo movimento, é o principal sintoma do câncer metastático de próstata nos ossos. Também faz parte dos sinais e sintomas da doença:

  • Ossos frágeis e fraturas frequentes;
  • Compressão da medula espinhal (que causa dor nas costas ou no pescoço);
  • Nível de cálcio elevado no sangue.

Sobrevida com câncer metastático de próstata

Apesar de ainda não existir cura, existem opções de tratamento que podem aumentar o tempo de sobrevida com o câncer metastático de próstata e também diminuir os incômodos do avanço da doença. As alternativas são terapia hormonal, radioterapia e quimioterapia.

Outra forma de garantir a sobrevida com o câncer metastático de próstata é fazer o acompanhamento médico correto após o tratamento da doença e procurar o especialista ao primeiro possível sinal de alguma metástase.

Referências

 

PP-PFE-BRA-0871

Mais Pfizer
13 julho, 2018

CONTEÚDO RELACIONADO

Cadastre-se