Exercício físico após infarto ajuda na recuperação

Idosos praticando exercícios juntos - Mais Pfizer

Exercício físico após infarto ajuda na recuperação

Após um infarto, é natural ficar com receio de voltar a praticar exercícios. No entanto, se exercitar é tão importante para a prevenção de doenças cardíacas quanto para a reabilitação após ataque cardíaco. Além disso, a prática diminui a ansiedade, previne a depressão e alivia sintomas de estresse de quem passou por um infarto. Continue a leitura e veja como os exercícios, depois de avaliação médica, podem auxiliar na sua recuperação após infarto.

O que preciso saber sobre exercícios físicos após infarto?

Antes de iniciar qualquer exercício físico, é fundamental que você se consulte com um médico e explique o seu caso. Somente esse profissional poderá te liberar para praticar exercícios físicos e indicar qual o melhor para o seu caso.

A idade e o estilo de vida que a pessoa tinha antes do ataque cardíaco podem influenciar diretamente na sua recuperação. Por isso, cada um tem uma forma e tempo diferentes para que a reabilitação cardíaca esteja completa. Algumas dicas auxiliam para que a reabilitação devolva a qualidade de vida de quem sofreu com o problema, veja:

Faça trabalhos domésticos leves – realizar algumas atividades domésticas do dia a dia é uma ótima forma de incorporar, aos poucos, exercícios físicos na rotina. Veja o que pode ser feito para que seu corpo se adapte:

  • Jardinagem;
  • Lavar roupa;
  • Varrer o chão;
  • Fazer compras e carregar sacolas.

Se durante essas atividades você se sentir cansado ou sem fôlego, dê um tempo e descanse. O objetivo é fazer com que seu corpo se adapte gradualmente.

Vá com calma – incorpore exercícios físicos na sua rotina aos poucos. Por exemplo:

  • Pratique cinco minutos de caminhada lenta para aquecer;
  • Vá aumentando progressivamente o ritmo, até sentir que está fazendo um esforço mínimo. Mantenha esse ritmo por dez minutos;
  • Em seguida, volte ao ritmo inicial, para que a frequência cardíaca diminua aos poucos. Continue nesse ritmo por mais cinco minutos.

Estabeleça metas – você pode, por exemplo, aumentar o tempo e intensidade do exercício físico aos poucos. Você deve avançar para a próxima meta apenas quando conseguir realizar a anterior sem sentir-se cansado. Por exemplo:

  • Faça caminhadas diariamente por 20 minutos pelo menos;
  • Conforme for ganhando condicionamento, aumente o tempo para 30 minutos diários;
  • Quando sentir-se bem ao caminhar por 30 minutos, substitua as caminhadas diárias por dias alternados;
  • Aumente cinco minutos por semana o tempo da caminhada;
  • O ideal é atingir, no máximo, uma hora de caminhada, pelo menos três dias na semana.

Faça exercícios regularmente – é preciso ter disciplina e praticar os exercícios físicos com regularidade para aproveitar todos os benefícios do hábito. Tente se exercitar pelo mesmo tempo, todos os dias, e ir adicionando tempo ou intensidade aos poucos.

Assim, além de adotar o exercício como um hábito de vida, você minimiza qualquer variável que possa afetar sua prática, como horário de refeições, horário de trabalho ou de medicamentos.

Dicas gerais para praticar exercícios após ataque cardíaco

Para incluir a rotina de exercícios, além de contar com a ajuda de um médico e um educador físico, você pode seguir as orientações:

  • Use tênis confortáveis e recomendados para caminhadas;
  • Evite caminhar em jejum e espere, pelo menos, uma hora após refeições para se exercitar;
  • Se o tempo estiver muito frio ou muito quente, evite praticar exercícios ao ar livre;
  • Opte por praticar exercícios em horários que você se sinta disposto. Para a maioria, o período da manhã é a melhor opção;
  • Tente praticar exercícios em companhia de outra pessoa. Além de tornar o exercício mais prazeroso, as pessoas se tornam mais comprometidas com as atividades quando têm companhia;
  • Inclua outras atividades além da caminhada na sua rotina, de acordo com a autorização do seu médico. Natação e bicicleta são boas opções.  

Referências

 

PP-PFE-BRA-1664

13 maio, 2019

CONTEÚDO RELACIONADO

Cadastre-se