Mudança de hábitos ajuda a prevenir a próstata aumentada

Paciente em consulta para prevenção de próstata aumentada.

Mudança de hábitos ajuda a prevenir a próstata aumentada

Cerca de 50% dos homens acima de 50 anos terão a próstata aumentada, segundo a Sociedade Brasileira de Urologia. Com o passar dos anos, a próstata aumenta e pode causar dor ao urinar e a sensação de que a bexiga nunca se esvazia. Mas algumas mudanças de hábitos podem ajudar a prevenir a próstata aumentada. Veja, a seguir, o que você pode fazer para evitar esta doença, conhecida como hiperplasia prostática benigna.

O que é a hiperplasia prostática benigna?

Esta condição consiste no crescimento da próstata, que é a glândula que produz o fluído que protege e nutre os espermatozoides. Na medida que a glândula cresce, ela pressiona a uretra e causa problemas ao urinar e também na bexiga. Ela pode chegar a dobrar de volume e peso, o que afeta as funções urinárias e piora a qualidade de vida do homem.

Hábitos para prevenir a próstata aumentada

A próstata aumentada tem relação direta com o envelhecimento e a genética. Mas outras condições também favorecem o crescimento, como diabetes, obesidade e tabagismo. Veja o que você pode fazer para ter um estilo de vida mais saudável e prevenir a próstata aumentada:

  • Tenha uma alimentação saudável – uma dieta rica em verduras e frutas e pobre em gordura ajuda na prevenção da próstata aumentada. Isso porque antioxidantes, vitaminas, minerais e fibras contribuem para diminuir o risco da doença;
  • Consuma menos cafeína e bebidas alcoólicas – essas substâncias tendem a aumentar a produção de urina e irritar a próstata e a bexiga;
  • Pratique exercício físico regularmente – o exercício ajuda a fortalecer os músculos ao redor da próstata, além de prevenir a obesidade, que também é um fator de risco;
  • Controle o estresse – ele pode prejudicar a capacidade do sistema imunológico de combater doenças, além de aumentar os sintomas, como a frequência urinária;
  • Mantenha a diabetes sob controle – a concentração de glicose no sangue é associada ao aumento da próstata e diabéticos são mais propensos a ter a próstata aumentada;
  • Pare de fumar – a nicotina irrita a bexiga e os efeitos do tabagismo são capazes de aumentar o risco de hiperplasia prostática benigna.

Os exames periódicos, como o toque retal, que deve ser realizado a partir dos 50 anos, ajudam a detectar doenças da próstata. Vá ao médico regularmente, pois o acompanhamento irá permitir que qualquer problema de saúde seja diagnosticado precocemente e que o tratamento comece o mais rápido possível.

Referências

 

PP-PFE-BRA-0871

Mais Pfizer
13 julho, 2018

CONTEÚDO RELACIONADO

Cadastre-se