Como cuidar da pessoa com Alzheimer no dia a dia

Homem adulto sorrindo dando atenção à pessoa com Alzheimer

Como cuidar da pessoa com Alzheimer no dia a dia

Alzheimer é uma doença degenerativa que compromete a memória, o comportamento e a personalidade da pessoa incapacitando-a progressivamente. Conforme ela avança, é preciso adaptar a rotina para melhorar a qualidade de vida da pessoa com a doença. Confira dicas de como cuidar da pessoa com Alzheimer.

Como facilitar o dia a dia da pessoa com Alzheimer?

O cuidador da pessoa com Alzheimer deve ser bem informado sobre a doença e a sua evolução. É preciso considerar as limitações psicológicas e físicas da pessoa para oferecer o melhor plano de tratamento possível de acordo com cada caso. Confira como algumas adaptações podem facilitar o dia a dia da pessoa com Alzheimer:

Ambiente físico – adaptar a moradia pode ser necessário para evitar quedas e acidentes e dar mais autonomia à pessoa com Alzheimer. Dicas:

  • Deixe os locais onde a pessoa circula livre de móveis e objetos que possam provocar quedas;
  • Mantenha objetos de uso diário da pessoa sempre no mesmo lugar e com fácil acesso;
  • Evite encerar o piso da casa, bem como usar tapetes escorregadios;
  • Mantenha todos os cômodos iluminados;
  • Use fechaduras em armários e gavetas que tenham objetos ou substâncias perigosas, como medicamentos, produtos de limpeza, álcool, fósforo e objetos cortantes.

Higiene pessoal – pode haver momentos em que a pessoa com Alzheimer tenha resistência aos banhos e aos cuidados com a aparência. Mas, é preciso insistir. Em alguns estágios da doença, a pessoa não tem condições de tomar banho sozinho e precisa da ajuda do cuidador. Dicas:

  • Use uma cadeira ou banco para que a pessoa tome banho sentada;
  • Instale barras de apoio em toda extensão do banheiro;
  • Use pisos ou tapetes antiderrapantes;
  • Dê banhos diariamente e, se possível, no mesmo horário;
  • Após o banho, passe hidratante no corpo e rosto da pessoa;
  • Procure sempre secar os cabelos para evitar riscos à saúde;
  • Faça a higiene bucal do paciente com gaze embebida em água e um antisséptico bucal.

Comunicação – conforme a doença evolui, a pessoa pode sentir dificuldade em compreender o que é dito e em se expressar. Dicas:

  • Fale com a pessoa chamando-a pelo nome, em tom calmo, certificando-se de que ela está ouvindo;
  • Use palavras simples e frases curtas;
  • Fale sobre um assunto de cada vez;
  • Procure conversar em ambientes tranquilos, sem ruídos ao redor;
  • Não apresse e nem cobre rapidez na fala e, quando necessário, ajude a lembrar ou pronunciar alguma palavra.

Memória – a perda de lembranças recentes ou antigas e a perda de noção do tempo pode ser muito frustrante para a pessoa com Alzheimer. Dicas:

  • Faça um “banco de memórias” e use fotos, músicas e documentos para trazer de volta lembranças importantes;
  • Tenha um calendário em lugar visível e marque com a pessoa a passagem dos dias.

Sono – para as pessoas com Alzheimer, ter uma boa noite de sono não é uma tarefa fácil. As confusões mentais podem piorar durante a noite. Dicas:

  • Mantenha o quarto confortável, silencioso e com luz baixa;
  • Tenha uma rotina que identifique o momento antes de dormir, que pode incluir usar o banheiro, escovar os dentes, pentear os cabelos e ir até a cama;
  • Durante o dia, faça atividades fora da cama, como caminhadas leves e de curta duração caso a pessoa ainda consiga;
  • Limite o cochilo da pessoa durante o dia;
  • Evite o consumo de alimentos e bebidas estimulantes, como café, refrigerantes, chá mate e chocolate;
  • Caso a pessoa queira, sirva chás calmantes, como erva-cidreira, maracujá e maçã.

Referências

 

PP-PFE-BRA-1237

6 novembro, 2018

CONTEÚDO RELACIONADO

Cadastre-se